Fotojornalista Erbs Jr., lança o livro ” Vidas Importam “, sobre pandemia Covid-19 no Rio de Janeiro

O mundo se habituou a ter nas lentes dos fotojornalistas uma janela para o mundo. Nesta pandemia, quando as pessoas foram obrigadas a ser isolar socialmente para evitar a disseminação dos vírus, foram os repórteres de vídeo e fotógrafos que mostraram, pelos mais diversos meios, o que acontecia do lado de fora dos muros das suas casas. O fotolivro “Vidas importam – memória visual da pandemia Covid-19 no Rio de Janeiro” mostra o processo de combate e controle do vírus no Rio de Janeiro e homenageia os milhares de brasileiros que sucumbiram à doença.

O fotojornalista Erbs Jr. acompanhou desde o início a movimentação das pessoas pela cidade durante o período de isolamento social, assim como as ações dos órgãos oficiais e da própria população e das entidades para minimizar os efeitos da crise sanitária. Registrou diversas ações de solidariedade e acompanhou a tensão daqueles que estavam na linha de frente nos hospitais de referência no tratamento à doença.

Em uma era de excesso de publicações em redes sociais e meios digitais, a fotografia documental e jornalística, como tem sido desde a sua criação, também presta um serviço como fonte histórica que garante a construção da memória visual deste momento em que vivemos.

Como diz o autor, “diante de um acontecimento histórico como a pandemia do Novo Coronavirus e das inúmeras consequências que a crise sanitária causa à sociedade, nós fotojornalistas buscamos retratar com a maior fidelidade os fatos, respeitando a todos envolvidos. Nessa pandemia, por exemplo, muitas pessoas autorizaram o registro dos sepultamentos de seus familiares e pediram que enviássemos algumas imagens, isso porque diante da recomendação de não aglomeração os parentes não podiam participar das despedidas das vítimas da Covid-19. Isso reforçou ainda mais a responsabilidade do nosso registro, pois nos tornamos os olhos daqueles que não podiam sair de suas casas”.

O fotolivro “Vidas importam”, uma referência à palavra de ordem usada contra os negacionistas, será lançado em tarde de autógrafo no próximo dia 16/12, às 17:00 horas, na Galeria Caruá, na Rua Gago Coutinho, 8, em Laranjeiras. Dez fotografias do livro ficarão expostas na galeria até o fim deste mês.

Sobre o autor

Carlos Erbs dos Santos Junior, conhecido como Erbs Jr. no meio do fotojornalismo e da fotografia institucional, é formado em jornalismo pela Universidade Estácio de Sá, com especialização em “História do Brasil Pós 1930” pela Universidade Federal Fluminense. Atua na comunicação desde 2003, tendo passagens por rádio, assessoria de imprensa e mídia impressa. Desde 2012 se dedica exclusivamente à fotografia com trabalhos realizados para Folha de S. Paulo, Metro Internacional, Sesc, Senac, Firjan, Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro e agências de notícias Folha Press, Frame Photo e AGIF. Neste ano fez a cobertura fotográfica da Bienal do Livro no Rio de Janeiro. Participou da cobertura das Olimpíadas e Paraolimpíadas Rio 2016 e da Jornada Mundial da Juventude. Com treinamento oferecido pelo Ministério da Justiça e pela Força Nacional em Cobertura Jornalística em Ações de Segurança Pública cobriu as manifestações populares de 2013 e 2014 contra o aumento das passagens, a corrupção e a Copa do Mundo de 2014. Suas imagens foram publicadas pela Editora Europa nos livros “O Melhor do Fotojornalismo”, edições de 2016 e 2017, e em outras publicações nacionais. “Vidas importam” é o seu primeiro livro pela iVentura Editora.

VEJA TAMBÉM

Publicidade:
Publicidade:
Ex #bbb @renatadavilah grava entrevista exclusiva para @dibtvdigital para o apresentador @thiagodimelo em #minasgerais Foto: reprodução instagram #sófamosos #bigbrother #bigbrotherbrasil #tv #renatadavilah
27 Anos de idade que @marinaruybarbosa está completando hoje. #marinaruybarbosa
Publicidade:
Publicidade: