Dennis fica “Peladão” em primeiro lançamento de 2022

Nova música já está disponível nas plataformas digitais.
Mc G15, Dennis Dj e Cantini (Foto: Divulgação)

Dennis começa 2022 como veio ao mundo! Após embalar as melhores festas de Réveillon do Brasil, o maior produtor de funk do mundo surpreende os fãs mais uma vez.

Para divulgar o novo trabalho, intitulada “Peladão”, o artista tirou a roupa em suas redes sociais e “quebrou” a internet! O clipe, lançado hoje (14/1), conta com participações especiais!

“Pensaram que eu ficaria Peladão sozinho? Cantini e MC G15 estão comigo nesse novo hit”, anunciou Dennis.

O músico coleciona sucessos com os dois cantores. Ao lado de MC G15, ultrapassou 122 milhões de plays do hit “Só Você” no Spotify. Na mesma plataforma de streaming, emplacou a música “Isso Que É Vida” com Cantini (55,4 milhões de execuções). DENNIS assina a composição de Peladão com Cantini, Marco Esteves, Day e Lara.

Dennis Dj (Foto: Divulgação)

“Peladão é mais uma daquelas músicas que eu adoro fazer. Tem uma melodia bonita e, ao mesmo tempo, dançante. A letra fala de um casal apaixonado que fica ali, namorando peladão, e o cara convida a menina para ir até o apartamento dele ter uma noite maravilhosa. É uma música com sentimento, mas com a pimenta que o funk pede, até porque tem um beat mais forte. Estou bem confiante que a galera vai curtir muito.”

explica DENNIS.

Os números de Dennis mostram uma grande repercussão de seu trabalho e a expectativa do público. No YouTube, são mais de 4,13 milhões de inscritos e 1,2 bilhão de visualizações. Dennis também é sucesso no Instagram (mais de 4 milhões de seguidores), Facebook (2,5 mi), Twitter (611 mil), Spotify (6,4 milhões de ouvintes mensais), Deezer (1,1 mi de fãs) e TikTok (1,3 mi).

Em 9 de dezembro, o DJ lançou o VOL. 4 do DVD “O Impossível”, que inclui parceria inédita com a dupla sertaneja mais ouvida em 2021: Israel & Rodolffo! O resultado desta união imperdível está na música “Mesma Língua”.

Do projeto “O Impossível”, já estão disponíveis as músicas “Lágrima por Lágrima” (com participação de Gusttavo Lima), “Eu Amo Todas” (com Jorge), “Segredo de Rolê” (com Thiago Brava), “Pimenta” (com Bruno & Marrone), “Modo Avião” (com Luiza & Maurílio), “Ainda Lembro” (Xand Avião e Raí Saia Rodada) e “Vera” (com Tierry).

Até 2022, Dennis se prepara para lançar as parcerias com Os Barões da Pisadinha, Matheus & Kauan, Felipe Araújo, Japinha Conde, Luan Santana, Maiara & Maraisa, Zé Felipe, Naiara Azevedo, Chitãozinho & Xororó, Tarcísio do Acordeon, Nattan, Felipe Amorim, Vitinho Imperador, Vitor Fernandes e João Gomes.

Clipe:

Mc G15, Dennis Dj e Cantini (Foto: Divulgação)
Mc G15, Dennis Dj e Cantini (Foto: Divulgação)
Mc G15, Dennis Dj e Cantini (Foto: Divulgação)
Mc G15, Dennis Dj e Cantini (Foto: Divulgação)
Mc G15, Dennis Dj e Cantini (Foto: Divulgação)

VEJA TAMBÉM

Publicidade:
Publicidade:
O projeto Prainha da Claudinha está sendo gravado na cidade de Itupeva - SP e #claudialeitte @claudialeitte 
📷Léo Franco - AGNEWS
O projeto Prainha da Claudinha está sendo gravado na cidade de Itupeva - SP e contou com as participações de @juliette e @lucyalves 
#juliette #juliettefreire #lucyalves #claudialeitte @claudialeitte 
📷Léo Franco - AGNEWS
A ex-BBB @amandagontijos , que participou do Big Broher Brasil 14, foi pedida em casamento pelo cirurgião plástico Danilo Monteiro durante uma viagem à Tailândia. O casal foi para as Ilhas Phi Phi, onde ele surpreendeu a modelo com um anel de rubi com diamantes. #amandagontijo
Um dos grandes nomes do jornalismo, Marcos Uchoa relata sua trajetória: “acabei tendo uma carreira um pouco diferente. Comecei no esporte, mas fiz um pouco de tudo. Fui correspondente muito tempo fora: oito guerras, três tsunamis, G8, G20”. Tendo trabalhado na cobertura de dez olimpíadas e oito copas do mundo, fala de seu carinho pelo esporte e o que já viveu. Uchôa afirma ter se tornado próximo de nomes como Ronaldo Fenômeno, Guga e Ronaldinho Gaúcho. Sobre este último, responde se já foi às famosas comemorações do atleta. “As festas dele, não. As festas dele não podem ‘de menor’ e eu sou casado, bem casado, então evitava esse convite.”. 

Atuando sempre na televisão, conta que nunca trabalhou em jornal impresso e avalia: “repórter tem um lado de ator, uma narrativa para entregar com expressividade, de uma maneira que as pessoas prestem atenção.... Hoje acho que tem ‘vivo’ demais. Ao invés de ir no lugar, fazer a reportagem, falar com quem está sofrendo e passando por aquilo, você vê o repórter entrando ao vivo, falando, falando, e acho que isso não é legal. Torna o jornalismo mais vulnerável para ser atacado dizendo que é fake news”. E completa: “talvez a gente esteja exageradamente com essa coisa da mídia social, que é super importante, democrática, mas nada substitui o papel de você ir lá e checar se de fato a coisa aconteceu.”. 

Recordando um momento icônico do esporte, a derrota do Brasil para a Alemanha por 7 a 1, comenta: “Estava lá. Lamentavelmente cercado de alemães. Eles não acreditavam e batiam no meu ombro consolando. Foram muito educados... 7 a 1 em casa é que nem um nocaute. Horrível demais. E me lembro depois da entrevista do Felipão dizendo que não mudaria nada. Como não mudaria nada? Quando você mudaria? 17 a 1 você mudaria? 70 a 1 você mudaria? Se 7 a 1 para você não é suficiente, não sei o que é.... Eu, de verdade, acho que o Brasil já tinha ido muito longe.... Aquele time não era bom. Tudo bem que a gente é patriota, mas era fraco. Só não precisava ter esculachado de 7 a 1.”.

A respeito das coberturas de guerra, recorda: “me lembro de um desses mísseis que caíram. Eu ouvi a explosão e fui ao chão. #marcosuchoa #danilogentili
Os 60 chegaram para @luizabrunetoficial . Ela completa essa idade nesse dia 24 de maio. #luizabrunet
Publicidade:
Publicidade: