Evelyn Regly bate um papo com a ex-BBB e apresentadora Marcela Mcgowan sobre sexualidade relacionamentos

Evelyn Regly e Marcela Mcgowan (Foto: Divulgação)

Em um relacionamento com a cantora Luísa, a entrevista girou em torno de assuntos como dates, ficadas e namoro, além de história de vida e – claro! – sua participação no reality da TV Globo

Evelyn Regly tem se destacado nas redes sociais com o seu podcast, o Vacacast, exibido no YouTube às terças e quintas, às 20h. A influencer já recebeu Pocah, Maria Lina, Patrícia Ramos e Jade Seba, mas para comemorar o Dia do Beijo, decidiu apresentar uma edição especial nessa última quarta-feira, 14/4, com a participação da ex-BBB e apresentadora Marcela McGowan, que também é médica ginecologista, especialista em sexualidade.

Marcela McGowan contou que escolheu falar sobre sexo logo quando estava se formando, quando ouviu que tinha uma área na ginecologia sobre o tema e acabou se apaixonando pelo assunto. Questionada sobre experiências de beijar homens e mulheres e qual seria o gênero que mais tinha “borogodó”, ela foi categórica em afirma que tanto um quanto o outro – Marcela é assumidamente bissexual e tem um relacionamento com a cantora sertaneja Luísa – podem ofertar boas sensações, mas que a diferença estava realmente no sexo de cada um deles.

“Existe um estudo que diz que as mulheres héteros são as que menos chegam ao orgasmo. Segundo essa pesquisa, os homens, em torno de 95% deles chegam ao orgasmo todas as vezes que têm relação sexual, enquanto a porcentagem das mulheres é de apenas 65%. Já no relacionamento lésbico, entre mulheres, 86% delas têm orgasmo. Não é achismo ou experiência pessoal, é teoria médica. O foco do sexo hétero é penetração e, geralmente, os homens não exploram as ações que levam às mulheres sentirem prazer e, nesse sentido, nem todas elas têm uma transa incrível só dessa forma. Menos de 25% delas têm orgasmos só com a penetração”, explica, afirmando que as mulheres precisam quebrar os próprios tabus, se permitir, conhecer seu corpo, suas áreas erógenas e onde têm mais sensações.

Marcela ressaltou que sentir orgasmo não é uma regra, mas que nunca gozar ou chegar ao clímax não é normal. Segundo ela, o prazer tem que ser para os dois, independente do motivo de estarem fazendo sexo.

“Tem casais que querem ter conexão, trocar energia e outros só querem uma rapidinha, curtir aquele momento, mesmo sabendo que não vai ter nenhum orgasmo. Mas isso precisa funcionar para ambos e não ser só aquilo lá, rápido, porque funcionou para o homem, que teve seu prazer e pronto”, destacou.

Sobre seu relacionamento, ao ser perguntada por Evelyn, a ex-BBB revelou que ela e Luísa se conheceram, ficaram e não se soltaram mais, embora tenha acontecido um fato engraçado no meio da história: Marcela estava acompanhada da Gizely Bicalho – que conheceu no reality –, que passou mal e teve que ser acompanhada até em casa. Por conta disso, ela acabou indo embora e deixando a cantora lá, esperando que a amiga melhorasse para que elas pudessem se encontrar novamente, mas isso não aconteceu.

“A Gi bebeu demais e deixou minha casa uma loucura e não ficou bem. No dia seguinte fiquei de me encontrar com a Luísa e foi nosso primeiro date.

Ficamos umas três semanas seguidas, ela indo até São Paulo onde eu moro, nos falando todos os dias e daí tivemos uma conversa para saber o que era, se tínhamos um relacionamento sério ou se tava ok ficarmos com outras pessoas e acabamos ficando juntas de vez, namorando. Não teve pedido de namoro. Parece que desde quando ficamos a primeira vez, já sabíamos que ia acabar em algo sério. Eu até ia pedir ela em namoro, mas no dia brigamos e deu tudo errado. O que importa é que no fim o sentimento falou mais alto”, revelou.

Já sobre sua participação no Big Brother Brasil, em como reagiu quando saiu e soube que era uma das mais cotadas para ser campeã, mas que perdeu o favoritismo ao ter um relacionamento conturbado dentro da casa, Marcela McGowan foi categórica em afirmar que não se arrependeu, pois faria a mesma coisa se fosse na vida real.

“Se eu quisesse, eu ia beijar do mesmo. Fosse a pessoa que fosse. Lá dentro, eu nunca tive a percepção que poderia ter sido escolhida como uma possível campeã. Nunca achei que tinha perfil de favorita. Eu precisava viver aquela experiência, não entrei com a expectativa de ganhar. Foi um choque sair e saber que eu tinha esse favoritismo. Até mesmo quando a Ivy entrou e dizia que gostavam de mim, eu fica meio perplexa, não acreditava. Não culpo o Daniel, que eu me envolvi, mas se eu entrasse solteira, seria oito ou oitenta: não ia beijar ninguém ou ia beijar todo mundo sem compromisso. Hoje em dia eu brinco com ele, digo que o beijo que dei nele foi o mais caro da minha vida”, observou.

Marcela McGowan ainda revelou para Evelyn Regly sobre os convites que recebe para ménage, por ser bissexual e a youtuber acabou perguntando se ela já tinha feito alguma vez: “Já fiz e gostei, foi muito bom. A questão não está em fazer ou deixar de fazer, porque vai de cada um e não existe problema em aceitar, a diferença é fetichizarem a bissexualidade com relação a isso, quando não tem nada a ver”, finalizou.

Evelyn Regly e Marcela Mcgowan (Foto: Divulgação)
Evelyn Regly e Marcela Mcgowan (Foto: Divulgação)

VEJA TAMBÉM

Publicidade:
Publicidade:
@gilbertogil completa 80 anos de idade. #gilbertogil #80anos #oitentaanos #eightyyears
@massafera publicou sua foto do dia diante do volante do carro. #grazimassafera
@cauareymond encontrou @davidbeckham no desfile da Dior na Europa. #cauareymond #cauãreymond #davidbeckham
@chrishemsworth @natalieportman #christianbale na première de Thor: Amor e Trovão em Los Angeles. #thorloveandthunder #thoramoretrovão #thoramoretrovao #chrishemsworth #natalieportman
@chrishemsworth @prattprattpratt na première de Thor: Amor e Trovão em Los Angeles. #thorloveandthunder #thoramoretrovão #thoramoretrovao #chrishemsworth #chrispratt
Publicidade:
Publicidade: