Show Privê de PK Delas é marcado por cenas quentes e participação de Valesca Popozuda

Após bloqueio no Instagram, o funkeiro lançou sua própria plataforma para transmitir suas lives.
PK Delas e Valesca Popozuda (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)

O funkeiro que vinha constantemente sendo bloqueado no Instagram por conta de suas “Lives Proibidonas”, realizou na noite desta sexta-feira, 28, seu primeiro “Show Privê”.

O evento, em formato de um programa Talk Show, aconteceu só para assinantes, numa plataforma online criada com exclusividade para o artista, e contou com a apresentação de sua ex-namorada, Valesca Popozuda, além da participação de Bruna Surfistinha, da educadora sexual Tatí Presser e de algumas meninas da TV Califórnia, que dançaram e sensualizaram ao som dos principais sucessos de PK Delas.

Sem os limites e regras antes impostos pela rede social, a apresentação garantiu aos seus expectadores cenas bem quentes e ousadas, além de muitos games sensuais e informações sobre sexo.

O importante é gozar”, chegou a brincar Valesca que prometeu levar para casa uma das participantes, apelidada carinhosamente de Japinha. A funkeira também fez questão de exaltar a liberdade sexual feminina.

Ale Japinha, Valesca Popozuda e Paulla Lima (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)

“Mulher pode fazer o que ela quiser, inclusive com seu corpo. Não importa como ela esteja fazendo e sim se ela quer fazer. Chega de impor o que pode e não pode.”

acrescentou.
Valesca Popozuda (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)

Este, aliás, segundo o cantor e DJ PK Delas, foi um dos principais objetivos do seu Show Privê.

“O intuito é incentivar a liberdade da mulher, mostrar que elas podem fazer o que quiserem, a hora que quiserem, com quem quiserem. Fazer o que bem entender, entende? Eu apoio isso! Acho que isso faz parte também dessa mulher empoderada que está surgindo hoje. Mas por ser homem, não posso ser uma voz para isso. Então eu quis chamar a Valesca, por ser uma voz, a Bruna Surfistinha pela vivência que tem e toda a propriedade no assunto, e Tatí Presser, que representa o conhecimento no assunto. Porque além de propagar essa liberdade que acho que a mulher tem que ter, elas ensinaram muito para nós homens hoje, sobre como enxergar toda essa luta delas com outros olhos.”

concluiu o funkeiro, que ao final elegeu a a Garota PK.
Ale Japinha e PK Delas (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
PK Delas e as meninas do Califórnia TV (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
Ayarla Souza, Ale Japinha e PK Delas (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
Ale Japinha e Valesca Popozuda (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
Ale Japinha e Valesca Popozuda (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
Ale Japinha e Valesca Popozuda (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
PK Delas e as meninas do Califórnia TV (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
PK Delas e as meninas do Califórnia TV (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
Valesca Popozuda e Ale Japinha (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
PK Delas (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
Paulla Lima e PK Delas (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
Paulla Lima e PK Delas (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
PK Delas (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
PK Delas com amigos e Valesca Popozuda (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
Ale Japinha e Valesca Popozuda (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
PK Delas e Valesca Popozuda (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)
Ale Japinha, Paulla Lima, PK Delas, Ayarla Souza e Alyne Lary (Foto: Daniel Pinheiro/Divulgação)

VEJA TAMBÉM

Publicidade:
Publicidade:
O projeto Prainha da Claudinha está sendo gravado na cidade de Itupeva - SP e #claudialeitte @claudialeitte 
📷Léo Franco - AGNEWS
O projeto Prainha da Claudinha está sendo gravado na cidade de Itupeva - SP e contou com as participações de @juliette e @lucyalves 
#juliette #juliettefreire #lucyalves #claudialeitte @claudialeitte 
📷Léo Franco - AGNEWS
A ex-BBB @amandagontijos , que participou do Big Broher Brasil 14, foi pedida em casamento pelo cirurgião plástico Danilo Monteiro durante uma viagem à Tailândia. O casal foi para as Ilhas Phi Phi, onde ele surpreendeu a modelo com um anel de rubi com diamantes. #amandagontijo
Um dos grandes nomes do jornalismo, Marcos Uchoa relata sua trajetória: “acabei tendo uma carreira um pouco diferente. Comecei no esporte, mas fiz um pouco de tudo. Fui correspondente muito tempo fora: oito guerras, três tsunamis, G8, G20”. Tendo trabalhado na cobertura de dez olimpíadas e oito copas do mundo, fala de seu carinho pelo esporte e o que já viveu. Uchôa afirma ter se tornado próximo de nomes como Ronaldo Fenômeno, Guga e Ronaldinho Gaúcho. Sobre este último, responde se já foi às famosas comemorações do atleta. “As festas dele, não. As festas dele não podem ‘de menor’ e eu sou casado, bem casado, então evitava esse convite.”. 

Atuando sempre na televisão, conta que nunca trabalhou em jornal impresso e avalia: “repórter tem um lado de ator, uma narrativa para entregar com expressividade, de uma maneira que as pessoas prestem atenção.... Hoje acho que tem ‘vivo’ demais. Ao invés de ir no lugar, fazer a reportagem, falar com quem está sofrendo e passando por aquilo, você vê o repórter entrando ao vivo, falando, falando, e acho que isso não é legal. Torna o jornalismo mais vulnerável para ser atacado dizendo que é fake news”. E completa: “talvez a gente esteja exageradamente com essa coisa da mídia social, que é super importante, democrática, mas nada substitui o papel de você ir lá e checar se de fato a coisa aconteceu.”. 

Recordando um momento icônico do esporte, a derrota do Brasil para a Alemanha por 7 a 1, comenta: “Estava lá. Lamentavelmente cercado de alemães. Eles não acreditavam e batiam no meu ombro consolando. Foram muito educados... 7 a 1 em casa é que nem um nocaute. Horrível demais. E me lembro depois da entrevista do Felipão dizendo que não mudaria nada. Como não mudaria nada? Quando você mudaria? 17 a 1 você mudaria? 70 a 1 você mudaria? Se 7 a 1 para você não é suficiente, não sei o que é.... Eu, de verdade, acho que o Brasil já tinha ido muito longe.... Aquele time não era bom. Tudo bem que a gente é patriota, mas era fraco. Só não precisava ter esculachado de 7 a 1.”.

A respeito das coberturas de guerra, recorda: “me lembro de um desses mísseis que caíram. Eu ouvi a explosão e fui ao chão. #marcosuchoa #danilogentili
Os 60 chegaram para @luizabrunetoficial . Ela completa essa idade nesse dia 24 de maio. #luizabrunet
Publicidade:
Publicidade: